Introdução

O assistente social é o profissional que se dirige ao amparo e a orientação da parte da população que se encontra em situação de fragilidade social, que precisam de apoio para superar dificuldades relacionadas às condições de saúde, alimentação, moradia, educação, ou seja o bem estar físico, psicológico e social. O assistente social pode exercer suas funções em colaboração com empresas privadas, instituições não governamentais (ONGs) ou órgãos públicos, acompanhando comunidades onde pode desenvolver projetos que tenham impacto social para as pessoas que vivem nela.

Objetivo

A  UniSantaRita oferece um curso de Bacharelado em Serviço Social com uma formação generalista e sintonizada com o mercado de trabalho. O conjunto das disciplinas ofertadas no decorrer do curso traduzem um balanço do debate contemporâneo da profissão, indicando temas e pesquisas a serem desenvolvidas e estimuladas para o estudante.

A graduação está consolidada em três Núcleos de Fundamentos, conforme as Diretrizes Curriculares da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS), os quais traduzem um conjunto de conhecimentos indissociáveis constitutivos da formação profissional, sendo eles: Núcleo de fundamentos teórico-metodológico da vida social; Núcleo de fundamentos da formação sócio histórica da sociedade brasileira; e, Núcleo de fundamentos do trabalho profissional. (ABEPSS, 1996). A articulação entre esse conjunto de conhecimentos oferecerá ao estudante de Serviço Social os elementos necessários para uma formação profissional de qualidade, possibilitando a relação entre teoria e prática.

No decorrer do curso, os estudantes realizarão as disciplinas regulares e terão a oportunidade de participarem de seminários temáticos, oficinas, atividades complementares e núcleos de estudos. Além disso, também são atividades integradoras do currículo o estágio supervisionado e o trabalho de conclusão de curso.

Assim, a formação em Serviço Social visa o amadurecimento intelectual do estudante, tendo em vista a compreensão do significado social da profissão, a tradição teórica que permite a leitura da realidade em uma perspectiva sócio histórica, ainda que respeitando o pluralismo das correntes profissionais, como também,  a consolidação de respostas da profissão às demandas sociais da classe trabalhadora, sem discriminar, por questões de inserção de classe social, gênero, identidade de gênero, etnia/raça, religião, nacionalidade, orientação sexual, idade e condição física. (Código de Ética do Assistente Social, 1993).

Mercado de Trabalho

O profissional estará capacitado a exercer as atribuições privativas do Assistente Social, nas esferas pública (nos níveis dos Municípios, Estados e Federal), através de concursos públicos; na esfera privada (em empresas), e, um campo em ascendência que é o terceiro setor (Organizações da Sociedade Civil – OSCs). Atua primordialmente no âmbito das políticas públicas, tanto na execução quanto na formulação e gestão das mesmas.

Perfil do Egresso

O curso de Serviço Social proporciona uma formação antenada com os distintos projetos societários em disputa, na atualidade, com as transformações no mundo do trabalho e do Estado, como também, com as repercussões dessas mudanças para a classe trabalhadora. Busca permitir que os estudantes sejam capazes de responder crítica e criativamente os desafios cotidianos postos na realidade de trabalho do profissional Assistente Social, vislumbrando novos rumos sociais e formas de sociabilidade que vão ao encontro da consolidação da cidadania, com vistas à garantia dos direitos civis, sociais e políticos de todos os cidadãos.
Informações
  • Duração: 4 anos
  • Integralização Mínima: 8 semestres
  • Integralização Máxima: 12 semestres
  • Período: Noturno