Faculdade Santa Rita - A melhor faculdade da Zona Norte de São Paulo

Gestão Hospitalar

 

Duração: 6 semestres

Integralização mínima: 6 semestres

Integralização máxima: 9 semestres

Período: Noturno

Mediante a abertura de turma

 

INTRODUÇÃO

 

 

Nosso novo curso, Superior em Tecnologia em Gestão Hospitalar, propõe uma oferta de formação básica, generalista e sólida, comprometido com uma análise de diferentes sistemas administrativos e oferecendo um processo crítico das questões relativas a gestão hospitalar.

O tecnólogo em gestão hospitalar atua no planejamento, organização e gerenciamento dos processos de trabalho em saúde, envolvendo a área de gestão de pessoas, materiais e equipamentos. Organiza e controla compras e custos, áreas de apoio e logística hospitalar bem como acompanha e supervisiona contratos e convênios. Pelos princípios da gestão, qualidade e viabilidade dos serviços, presta suporte aos setores-fins. Pode atuar em hospitais – e seus setores –, clínicas e unidades de saúde, laboratórios médicos e empresas prestadoras de serviço em saúde.

 

 

OBJETIVOS

 

 

Formar profissionais capazes de gerirem recursos hospitalares em organizações de tamanhos distintos, sejam elas privadas e/ou públicas, com fins lucrativos ou não.

Busca desenvolver no educando as competências e conhecimentos necessários ao desempenho e gestão de sistemas hospitalares como um todo, trabalhando interdisciplinarmente com as diversas áreas do curso, devendo:

 

 

PERFIL DO PROFISSIONAL

 

 

O profissional estará capacitado a exercer as funções de Gestor Hospitalar em instituições públicas e/ou privadas, bem como as atividades tecnológicas e de pesquisa nas áreas compatíveis.

O curso forma o Gestor Hospitalar com o objetivo de aumentar a mão de obra especializada, proporcionando uma gestão de alta performance, qualidade nos serviços prestados aos seus pacientes e gerindo custos em diversas áreas.

 

 

MERCADO DE TRABALHO

 

 

Atualmente, o profissional de Gestão Hospitalar é muito requisitado no mercado de trabalho. Ele estará apto a atender a demanda de instituições públicas e/ou privadas de saúde, além de clínicas, laboratórios, consultórios e hospitais e auxiliar também os profissionais liberais da área, ou seja, prestando atendimento particular.

Confira abaixo algumas instituições que buscam este técnico: